FEDERAMINAS - Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais | Projeto Pró-Município define prioridades para Belo Oriente
 

Projeto Pró-Município define prioridades para Belo Oriente

Sábado, 28 de outubro de 2017

Educação profissionalizante, competitividade empresarial, segurança pública e cidadania – desenvolvimento social são as áreas prioritárias definidas pelo Movimento Pró-Município objetivando alavancar o desenvolvimento de Belo Oriente. O diagnóstico do projeto, que é realizado pela Federaminas em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig),  foi divulgado durante evento que reuniu, em 23 de outubro, mais de 100 representantes dos diversos segmentos da comunidade.

 

Conforme o coordenador do projeto Nilson Borges, o diagnóstico  identificou o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) local, com base no levantamento de dados referentes a população atual e estimada; quantidade de empresas, trabalho e renda; principais setores e atividades econômicas; situação política atual; uso do poder de compras da prefeitura; análise de pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças do município. O trabalho foi realizado por meio de entrevista aos líderes e formadores de opinião da cidade e de aplicação de formulário eletrônico.

 

O Pró-Município tem a finalidade de promover o desenvolvimento local, a partir da conjugação de esforços de entidades privadas, poder público e comunidade. Em Belo Oriente, o passo inicial do projeto foi a criação pelo Legislativo municipal em 22 de setembro da Lei nº 1.319, instituindo o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Sustentável de Belo Oriente (Condes). Em seguida, aconteceram o diagnóstico e a posse dos membros do conselho, por meio da Portaria nº 348, de 23 de outubro, e a assinatura de decreto municipal com o regimento interno do órgão.

 

De acordo com Borges, a mais rápida implantação do Pró-Município está condicionada à mobilização, integração e vontade da comunidade em promover a transformação econômica e social da sua cidade, o que aconteceu em Belo Oriente. Cumpridas aquelas etapas, ele adianta que as próximas ações de curto prazo preveem formação de câmaras setoriais, treinamento de conselheiros e coordenadores desses órgãos e definição da agenda de reuniões dos conselhos e câmaras.

 

No evento de apresentação do diagnóstico, estiveram presentes  autoridades como o prefeito Hamilton Rômulo, a presidente da Câmara Municipal Nacife Menezes, o presidente da Associação Comercial Edison da Conceição, secretários de governo, vereadores, representantes da deputada Rosângela Reis, dos sindicatos rural e patronal, de entidades de classe, instituições financeiras e população. O movimento também conta com o apoio da Cenibra, a principal empresa privada local.

Fotos

Clique na imagem para ampliar.
COMPARTILHE
Relacionado

Publicidade
Emissão de Boletos
Conheça as ACE's mineiras