FEDERAMINAS - Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais | Evento na Federaminas oficializa a agenda do projeto Pró-Município
 

Evento na Federaminas oficializa a agenda do projeto Pró-Município

Terça-feira, 6 de junho de 2017

Autoridades estaduais e municipais e lideranças das principais entidades empresariais mineiras participaram na sede da Federaminas nessa segunda-feira, dia 5, do café de lançamento do Pró-Município, projeto idealizado pela entidade e executado em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) objetivando o desenvolvimento econômico e social dos municípios pela integração das entidades empresariais sociedade civil e poder público locais. A iniciativa será implantada em 26 cidades de diferentes regiões do Estado, e inspira-se em experiências bem-sucedidas realizadas em Medelin, na Colômbia, e Essen, na Alemanha.


O presidente da Federaminas, Emílio Parolini, disse que o Pró-Município é um projeto revolucionário e que, no período de um ano, deverá apresentar abrangente diagnóstico das potencialidades e demandas necessárias ao desenvolvimento das diversas regiões mineiras.


Ele salientou que o projeto não é da Federaminas ou da associação comercial do município, mas de toda a comunidade, e deverá contribuir para o empoderamento da sociedade como um todo. Afirmou que o momento de crise econômica, social e política no País induz à busca do desenvolvimento das cidades pela integração dos entes sociais, públicos, privados e da sociedade civil, sendo este o motivo que levou a entidade a propor à Codemig a realização do projeto.


Ele se fundamenta em experiências de sucesso em cidades que se organizaram e se  integraram em planos de desenvolvimentos locais, como Medelin na Colômbia, e Essen na Alemanha. O foco do trabalho será estruturar um conselho de desenvolvimento, constituído pelas diversas entidades da sociedade civil, entidades empresariais e do poder público municipal construindo, de forma objetiva e factível, um plano de gestão municipal, além de estruturar processos de acompanhamento e cobrança de resultados, com a participação desses mesmos agentes, de maneira a responder aos anseios e necessidades da comunidade gerando desenvolvimento sócio econômico municipal.


O consultor Clóvis Consoli, com iniciativa semelhante desenvolvida em Santa Catarina, afirmou que o grande objetivo do Pró-Município é deixar um legado para as cidades. Disse que o projeto objetiva o desenvolvimento sustentável com inclusão social nos municípios, com base em modelo de gestão municipal com processos estruturados, utilizando metodologia alemã já testada com sucesso no Brasil e que ouve cerca de 80 pessoas formadoras de opinião nas comunidades a respeito de sua visão sobre o futuro da cidade dentro de 20 anos.


Repercussão - Presente no evento, o presidente da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, relatou experiências bem-sucedidas de desenvolvimento local que conheceu em países europeus e que tiveram como pilar parceria entre os setores público e privado. Por isto, sustentou que o Pró-Município está no caminho certo e alcançará sucesso.


A gestora de relacionamento e negócios do Diário do Comércio, Adriana Muls, ao considerar que o momento nacional convida à construção de um projeto de nação, afirmou que o Pró-Município, por corresponder ao bem comum, é iniciativa merecedora de elogios. Assim, colocou o DC – que realiza o Minas 2032 – alinhado com o projeto da Federaminas.


Mardem Magalhães, diretor de Operações do Sebrae-MG, também ressaltou a importância do Pró-Município, dizendo que ele preenche  lacuna de metodologia e experiência de implantação de projeto dessa natureza em Minas.


Também Fernando Passálio, superintendente do Fórum Permanente Mineiro de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fopemimpe), destacou o projeto e mostrou sua expectativa de que ele produza programas importantes e mais consistentes para o desenvolvimento dos municípios.


O Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-MG) manifestou apoio à iniciativa através do seu gerente das câmaras temáticas. Oswaldo Dehon afirmou que o Pró-Município se adequa a projetos do órgão voltados para melhorar o IDH de áreas do Vale do Jequitinhonha. 


Estão incluídas no Pró-Município as cidades de Barão de Cocais, João Monlevade, Belo Oriente, Governador Valadares, Conceição do Mato Dentro, Ouro Preto, São João Del Rei, Além Paraíba, Santa Vitória, Unaí, João Pinheiro, Carmo do Cajuru, Arcos, Piumhi, São Roque de Minas, Muzambinho, Campos Gerais, Elói Mendes, Diamantina, Angelândia, Capelinha, Minas Novas, Turmalina, Janaúba, Porteirinha e Paraopeba (em parceria com a Faemg).

 

Fotos

Clique na imagem para ampliar.
COMPARTILHE
Relacionado

Publicidade
Emissão de Boletos
Conheça as ACE's mineiras